Folhas

SINFolha - Uma ferramenta precisa e assertiva para a diagnose do estado nutricional das plantas

A Unity Agro disponibiliza a seus clientes e parceiros, além de sua linha de fertilizantes foliares de alta tecnologia, uma linha de ferramentas e serviços que assegurem recomendações e práticas de manejo de lavouras assertivas e precisas, visando obter altas produtividades agrícolas, aliado à gestão eficiente dos recursos.

O SINFolha (Sistemas Inteligentes em Nutrição – Folha) é uma ferramenta destinada à avaliação do estado nutricional das plantas através da análise de folhas. A metodologia utilizada em seus cálculos é o CND (Diagnose da Composição Nutricional), também conhecido por DRIS Multivariado (Sistema Integrado de Diagnose e Recomendação Multivariado), desenvolvido por Parent & Dafir, 1992.

As principais funções da análise foliar são acompanhar, avaliar e ajustar os programas de fertilização agrícola (Coelho et al., 2002). A utilização das folhas na avaliação do estado nutricional das plantas baseia-se na premissa da existência de relações entre os teores foliares, a absorção de nutrientes e a produtividade das plantas (Fageria et al., 2009).

Atualmente o principal método utilizando para avaliar o estado nutricional das plantas é o das faixas de suficiência, presentes em tabelas como a do exemplo abaixo para a cultura da soja no estado do Paraná (Tabela 1), publicada por Embrapa (2013) citando Harger et al. (2008). Esse método possui dois problemas, sendo o primeiro o fato de considerar apenas o teor dos nutrientes individualmente (excluindo a importantíssima interação entre nutrientes), e o segundo por ser na maioria dos casos, advindo de pesquisas conduzidas há muitos anos, o que muitas vezes não condizem com os novos híbridos e variedades e com os atuais patamares de produtividade.

Tabela 1 – Teores de nutrientes para interpretação dos resultados das análises de folha de soja, para solos argilosos (basalto) do Paraná (Estádio R2). SINFolha Tabela 1

*Adaptada de Embrapa (2013), citando Harger (2008)

No método DRIS Multivariado, presente no SINFolha, o equilíbrio de um nutriente é calculado em função de todos os outros, logo, o método considera todas as possíveis interações entre os nutrientes, permitindo um diagnóstico mais exato, e que minimize as variações sucedidas por amostragens foliares realizadas em diferentes estádios de maturação. Além disso, os cálculos presentes na metodologia permitem com que se classifique os nutrientes quanto a ordem de deficiência e excesso.

A Figura 1 contém o laudo de uma análise foliar real conduzida por um parceiro da Unity Agro com a cultura da soja e processada pelo SINFolha. Através do laudo, podemos observar que o cobre (Cu) é o nutriente mais limitante, seguido pelo cálcio (Ca), e o manganês (Mn) é o que se encontra em maior excesso. Os outros nutrientes encontram-se em equilíbrio. Dessa forma, a ferramenta auxilia o usuário na tomada de decisão, onde as estratégias de manejo nutricional deveriam focar no Cu e no Ca, e evitar o fornecimento o Mn. Diagnose da Composição Nutricional

Em síntese, a utilização dos métodos mais modernos para a realização da diagnose no estado nutricional das plantas, como o DRIS Multivariado presente no SINFolha, fornece-nos informações valiosas que nos permitem realizar tomadas de decisão mais precisas quanto às práticas de manejo nutricional. No exemplo da Figura 1 podemos ver que o laudo do SinFolha nos direciona exatamente para os nutrientes que devem ser focados quanto ao investimento em suplementação. Nesse caso, investimentos em micronutrientes como B, Fe e Zn provavelmente não resultariam em retorno em produtividade, enquanto em Mn poderia resultar em redução da produtividade devido à toxidez. Já o Cu é o micronutriente em que se deve focar os investimentos, e que haverá altíssimo potencial de resposta à adubação.

Referências Bibliográficas

COELHO, A.M.; FRANÇA, G.E.; PITTA, G.V.E.; ALVES, V.M.C. Cultivo do milho: Diagnose foliar do estado nutricional da planta. Comunicado Técnico 45, 5 p., 2002.

EMBRAPA, 2013 - Tecnologias de produção de soja – Região Central do Brasil 2014. – Londrina: Embrapa Soja, 2013

FAGERIA, N.K.; BARBOSA FILHO, M.P.; MOREIRA, A.; GUIMARÃES, C.M. Foliar fertilization of crop plants. Journal of Plant Nutrition. v. 32 p. 1044-1064, 2009

PARENT, L.E.; DAFIR, M. A theoretical concept of compositional nutrient diagnosis. Journal of the American Society for Horticultural Science, v. 117, p. 239-242, 1992.